Movember – Bigodes na moda

movemberEste mês a campanha Movember completa 10 anos. E você sabe do que se trata?

É um movimento criado em Melbourne como parte da mobilização pelo “Novembro Azul“, uma iniciativa mundial de conscientização sobre problemas que afetam a saúde masculina, especialmente o câncer de próstata e o câncer de testículo. Embora o “Novembro Azul” seja, na verdade, um mês de campanha contra a diabetes, acabou se associando a uma versão masculina do “Outubro Rosa”, que tem a mesma ideia de promover atividades voltadas ao diagnóstico e prevenção do câncer de mama.

A ação foi intitulada como Movember por causa do trocadilho moustache (bigode) + november (novembro). Isso porque, em 2003, australianos tiveram a ideia de deixar seus bigodes crescerem durante o mês em que se celebra o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata (17 de novembro) e o Dia Internacional do Homem (19 de novembro), chamando mais atenção para as doenças que podem ser facilmente curadas se diagnosticadas precocemente, e também para a campanha, que visa a arrecadar fundos voltados a esse fim.

Com doações que podem ser feitas diretamente no site: http://au.movember.com , ano passado foram arrecadados quase US$ 150 milhões. Mas esse valor todo não foi arrecadado apenas na Austrália. A campanha se espalhou por mais 21 países, na África, na América do Norte, na Ásia e na Europa. Infelizmente, ainda não pegou força na América do Sul, mas, pelo que fiquei sabendo, este ano, no Brasil, alguns grupos estão se engajando na iniciativa.

Os vídeos sobre o movimento são muito criativos e até mulheres estão tirando fotos com desenhos de bigodes. Veja o resultado sobre a conscientização no ano passado com a participação de famosos:

movember3Quem quiser, pode se cadastrar no site (http://au.movember.com) e participar da campanha que vai premiar o vencedor com um relógio caríssimo da Maurice Lacroix. É preciso apenas tirar uma foto com a cara lisa e outra com o bigode cultivado, da maneira mais criativa. Mas tem que ser só bigode. Não pode se unir às costeletas e nem ao cavanhaque.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s