As aves mais impressionantes do mundo estão na Austrália

animais-australianosMuito já se sabe que a Austrália abriga animais de espécies únicas no mundo. É só lembrarmos do canguru, do coala, do ornitorrinco, da equidna, do diabo da tasmânia e do dingo. Mas como esses citados já são mais “famosos”, esta matéria se resumirá a apenas duas aves que são completamente diferentes de outros ovíparos.

A primeira é a ave lira (ou pássaro-lira). Quem está na Austrália poderá visitar a única espécie em cativeiro, que está em um zoológico da cidade de Adelaide. Suas asas são pouco desenvolvidas, o que a faz passar a maior parte da sua vida no solo da floresta. A raridade dessa espécie se deve à sua dificuldade de adaptação climática, e à baixa taxa de reprodução, já que cada fêmea bota apenas um único ovo por ano.

O que mais impressiona neste animal é a inigualável capacidade de imitar o som de qualquer coisa. Acreditem. Para chamar a atenção da fêmea não basta mostrar as plumas como o pavão faz. O pássaro-lira macho tem que dar uma de imitador, reproduzindo o som de mais de 20 aves. O “talento” é tamanho, que chega a confundir, inclusive, as aves que são imitadas. (Se aves sentissem ciúmes, essa seria uma espécie com problemas…)

E não é só isso. A ave lira consegue imitar também sons completamente mecânicos como: furadeira, serrote, câmera fotográfica, alarme de carro e até serra elétrica. Duvida? Veja no vídeo abaixo:

O casuar (ou cassuari) é a ave mais perigosa do mundo. Lembrando uma espécie de avestruz, ele pode chegar a dois metros de altura, possui garras de 12 centímetros e não voa. A ave parece ser pré-histórica, porque tem uma crista semelhante a um chifre e também por urinar, uma das únicas aves no mundo que possui essa particularidade (as outras são avestruz e ema), tendo em vista que normalmente os pássaros eliminam os líquidos juntamente as fezes.

O casuar geralmente ataca quando é provocado, mas já houve casos de ataques a vacas, cavalos e cachorros. E não são apenas animais que já foram alvos de ataques do casuar. Em 10 anos, mais de 150 pessoas sofreram perseguições ou ataque por algum dessa espécie. Seus chutes podem quebrar ossos, suas garras podem perfurar pulmões e, por conseguir pular a cerca de 1,5 m de altura, podem cortar a garganta de uma pessoa de baixa estatura. Por isso, o alerta: não é recomendado alimentar esses animais.

Muito dessa “agressividade”, se deve, na verdade, ao fato de ser uma espécie muito territorialista. A tal ponto que também ataca portas e janelas de vidro, ao confundir seu reflexo com um rival querendo invadir seu espaço.

Apesar de não ser um animal tão indefeso, lamentavelmente o casuar está entrando em extinção. A passagem do ciclone “Larry” em 2006 dizimou um terço da população de casuares, e os que restaram vem morrendo em decorrência de doenças transmitidas por cães levados por visitantes que costumam acampar em meio a mata. Uma das coisas contra as quais esses bravos e exóticos bichos não tem como se defender.

Assista o vídeo (em inglês):

Advertisements

4 thoughts on “As aves mais impressionantes do mundo estão na Austrália

  1. Oi, Deise,
    deixa eu complementar com uma coisa (pelo menos pra mim) bem legal: você já ouviu um kookaburra cantando? A primeira vez que ouvi estava nos Dandenongs e pensei “o que é isso, um macaco?” Mas eu sabia que não existem macacos (nativos) na Austrália; demorei uns 5 segundos para me tocar que era um kookaburra!

    Abraço,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s