Semelhanças entre Brasil e Austrália

Toda viagem que fazemos, especialmente por um período mais longo, como um intercâmbio, exige uma adaptação. O quanto você terá que se adaptar vai depender de sua preparação, do tempo que você vai passar fora, e também das diferenças ou semelhanças entre a sua origem e o seu destino. Em alguns casos a adaptação ocorre de maneira tão fácil, que muita gente resolve estender a estadia indefinidamente.

Não foi o meu caso, mas confesso que, mesmo antes de completar um ano na Austrália, já não tinha mais aquele “estranhamento” de turista. Isso porque comparar o Brasil ao país dos cangurus não é tão difícil. Há uma lista enorme de prós e contras de se viver em cada um deles, mas selecionei apenas os dados que demonstram como ambos são parecidos em certos aspectos.

1 – Mulheres bonitas – Há dezenas de listas na internet para me espelhar. A maioria coloca o Brasil e a Austrália entre os top 10 de mulheres mais belas do mundo. Nossas modelos sempre são as mais cotadas para fazer desfiles e representar marcas, já as australianas não ficam muito atrás com exemplos de suas cantoras e atrizes. E os homens bonitos? Ah, esses eu não sei onde foram parar… rs

2 – Praias – As M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A-S praias australianas são realmente de cair o queixo. Destaque para WhitSundays e Lake Mckenzie (que apesar de ser um lago, é visto como praia). Não ficam devendo nada à estupenda Baía do Sancho em Fernando de Noronha ou à Lagoa Azul em Ilha Grande (RJ), entre tantas outras no nosso Nordeste.

3 – Clima – Na Austrália, as quatro estações são quase sempre certeiras: há muitas flores na primavera, faz calor de rachar no verão, as folhas forram o chão durante o outono, e pode-se ver neve no inverno em algumas montanhas. O Brasil não tem essas divisões muito bem definidas. Às vezes parece que estamos em pleno verão no meio do inverno e vice-versa. Apesar disso, a média de temperatura é quase a mesma. É preciso destacar apenas que quem é de Pernambuco, por exemplo, e decidir ir para a Tasmânia vai sentir muito frio o ano todo, como também sentiria se fosse ao Rio Grande do Sul.

4 – Paixão por esporte – Na verdade não temos o costume de praticar o footy (futebol australiano) e nem o críquete, como os aussies fazem, mas a paixão certamente é a mesma. O que os brasileiros sentem pelo futebol é igual ao que eles sentem por esportes mais comuns na Austrália, e levam tão a sério que é sempre bom evitar conversar sobre times rivais.

5 – Economia – Ambos os países são referência em exportação de minérios e produtos agrícolas, e tem como principal parceiro comercial a China. Os chineses, aliás, já estão dominando o mundo, não apenas economicamente, como em números de imigração. Se você é de São Paulo e acha que há muitos chineses na cidade, precisa ver na Austrália.

6 – Obesidade – (Você não achava que essa lista seria apenas sobre assuntos positivos, né?). 50,8% dos brasileiros estão acima do peso ideal, e destes, 17,5% são obesos, de acordo com os dados do Ministério da Saúde de 2014. Os australianos também estão neste caminho, até um pouco à frente: são 12 milhões de australianos acima do peso/obesos, ou seja, a cada 5 pessoas, 3 estão fora do peso ideal, segundo os dados do AIHW, Instituto Australiano de Saúde e Bem-Estar.

obesidade

7 – Fumo – O número de fumantes tem declinado anualmente em ambos os países e os homens continuam sendo a maioria entre os adeptos ao tabaco. Lamentavelmente não consigo fazer uma comparação com os números porque o Ministério da Saúde e o Instituo Australiano fazem a pesquisa de forma diferente. Mesmo assim, vale o bom registro de que os fumantes estão decrescendo nos últimos 10 anos.

fumo

Advertisements

2 thoughts on “Semelhanças entre Brasil e Austrália

  1. Oi Deise! Pelo cometário que você fez, parece que não tem muitos australianos bonitos em Melbourne. É isso mesmo ou entendi errado?

    • Não é isso, May. Na verdade, há sempre listas de mulheres muito bonitas, mas não existe uma lista que compare a beleza masculina. De qualquer forma, com certeza há muitos melbourianos que poderiam ser chamados de deuses gregos… ops, australianos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s